10 sugestões para aproveitar o potencial do IGTV

10 sugestões para aproveitar o potencial do IGTV

Mais de 80% do tráfego de utilizadores online provém de vídeo. Estes dados avassaladores de um estudo da Cisco deste ano provam uma teoria: hoje em dia, não basta estar online, é preciso também seguir de perto as principais tendências. Apesar de ser algo desafiante, não significa que tem que aplicar todos os recursos emergentes ao seu negócio. No entanto, se ainda não apostou no formato de vídeo, talvez esteja na altura de reconsiderar e explorar o potencial do IGTV.

Se dúvidas houvesse, a importância que o vídeo tem conquistado no último ano não deixa qualquer hesitação: apostar no vídeo é um caminho sem volta.

O que é o IGTV?

Para os mais desatentos, aqui fica uma breve explicação. O IGTV, abreviatura para Instagram TV, é uma app que pode ser usada sozinha ou com o Instagram. A app, lançada em 2018, está disponível para versão ioS e Android. De modo geral, é uma espécie de resposta do Instagram ao YouTube, pois permite a visualização otimizada de vídeos longos em smartphones.

IGTV: Como funciona?

Ao contrário dos Reels, cuja duração está limitada até um minuto, o IGTV permite a publicação de vídeo mais longos:

  • Entre um e 15 minutos, para carregamentos via dispositivo móvel;
  • E até 60 minutos, para carregamentos a partir da web.

Agora que já sabe qual a duração máxima permitida para os vídeos, é importante que tome outras notas, antes de começar a utilizar este recurso:

  • Os vídeos devem estar em formato MP4;

  • O tamanho máximo para vídeos com dez minutos ou menos é de 650 MB;

  • O tamanho máximo do ficheiro para vídeos com até 60 minutos é de 3.6 GB.

Se quer consultar mais informações, consulte a página de ajuda do Instagram.

10 boas práticas para aplicar

Tal como já percebeu, o vídeo está na ordem do dia. Por isso, se ainda não incluiu este formato na estratégia de conteúdos da sua marca/empresa, é altura de o fazer. Afinal, esta é uma das seis tendências de Marketing para 2021. Não sabe por onde começar? Na Ponto 33 estamos aqui para ajudar, por isso criamos uma lista de 10 boas práticas para aproveitar melhor o potencial do IGTV.

1.Vídeos sempre na vertical

O grande objetivo do IGTV é a oferta de vídeos longos otimizados para smartphones. Na prática, isto significa que o IGTV foi desenhado para a inclusão de vídeos verticais, que não obriguem os utilizadores a mover os telemóveis. Esta dica também é válida para gravações feitas com câmaras profissionais.

2. Conteúdos curtos para começar

É certo que o propósito do IGTV é a publicação de vídeos longos, contudo, se está a começar opte por conteúdos mais curtos. Isto porque, numa primeira etapa, a audiência ainda não conhece o seu trabalho. Para isso, é preciso cativar o público, desde o primeiro momento. Assim, comece por vídeos com até dois minutos, progredindo à medida que fideliza os seus seguidores.

3. Cuidado com o som

Num formato de vídeo, o som é um dos aspetos mais importantes. Afinal, ninguém está predisposto a assistir a um vídeo com ruído de fundo. Portanto, é melhor gravar em locais com pouco barulho, ou se necessário usar um microfone para ampliar a voz. Outro aspeto a considerar é a inclusão de legendas, seja para comunicar para público sem capacidade auditiva ou apenas porque nem sempre é possível ouvir vídeos com som.

4. Formato de vídeos

O IGTV é uma ferramenta diferenciada, por isso pode aproveitar para trabalhar os seus conteúdos de forma criativa, ajustando-os mediante objetivos específicos. Partilhamos aqui alguns formatos que podem ser interessantes explorar:

    • Tutoriais – para explicar produtos/serviços;

    • Storytelling – a audiência aprecia, por norma, uma boa história, pelo que aproveite para trabalhar vídeos com uma narrativa própria (depoimentos e/ou vídeos institucionais);

    • Listas – por exemplo: “X motivos para contratar a empresa Y; X formas de usar o produto”, etc.

    • Bastidores – ao mostrar o lado ‘oculto’ da sua empresa/marca, consegue aproximar a audiência e criar um princípio de identificação;

    • Entrevistas – com colaboradores da empresa, clientes, ou grandes nomes do setor.

5. Identidade visual da marca

Uma marca pode estar presente em várias redes sociais, mas tal não significa que possa assumir uma identidade distinta em cada uma delas. Antes pelo contrário, é fundamental que a marca se apresente de forma visualmente coerente; os valores e princípios também se mantêm, o que muda é o modo de comunicar, que deve ser adaptado a cada canal e público.

6. Hashtags na descrição

Na hora de publicar o vídeo, não se esqueça de incluir um título e uma descrição cativantes, bem como de otimizar a descrição com hashtags. Deste modo, os vídeos podem ser encontrados por quem ainda não segue a página. Contudo, recorde-se da ‘velha máxima’ – “menos é mais” –, ou seja, abusar na quantidade de hashtags não significa que o seu conteúdo se tornará mais popular. Caso queira saber mais sobre este assunto, pode aprender seis truques para as hasthags serem eficazes.

7. Inclusão de links

A par das hashtags na descrição, o IGTV permite a inclusão de links para sites externos. Deste modo, pode redirecionar a audiência para a sua página de Instagram, ou mesmo para o site da marca.

8. Olhar a concorrência

Os seus concorrentes diretos estão no IGTV? Se sim, espreite os conteúdos que eles publicam, não para copiar, mas sim analisar e tirar ilações sobre a sua estratégia.

9. Ideias para conteúdos

Uma das formas de tornar os seus conteúdos populares é seguir de perto as tendências virais do momento. Na aba ‘popular’, pode descobrir os vídeos com maior alcance e perceber, em simultâneo, quais os assuntos que pode aproveitar, ou não, para o seu próprio canal. Ainda não é suficiente? Então, aprenda como ter ideias infinitas para conteúdo nas redes sociais.

10. Promoção cruzada

Após ter os seus vídeos online, dedique agora tempo à sua promoção. Para o efeito, pode aproveitar alguns recursos do próprio Instagram e partilhar:

  • Um preview do vídeo do IGTV no Instagram Stories;

  • Até um minuto do vídeo pode ser partilhado no feed do Instagram com link para o IGTV;

Através do Direct – pode enviar o vídeo por mensagem aos seus seguidores, contudo convém não ‘abusar’ desta forma de contacto, pois pode causar um efeito negativo se usado em demasia.

Agora que já conhece melhor as potencialidades do IGTV, aproveite para refletir se faz sentido, ou não, aplicar esta ferramenta ao seu negócio. Caso tenha poucos conhecimentos no digital, ou precise de reformular a sua estratégia, não hesite em contactar-nos.